quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

066– A SEGUNDA METADE DO SÉCULO XVIII – ANSON NA ILHA DE SANTA CATARINA



066 – A SEGUNDA METADE DO SÉCULO XVIII – ANSON NA ILHA DE SANTA CATARINA


         Muitos navegantes visitaram a Ilha de Santa Catarina em fins da 1ª e 2ª metade do Século XVIII. Foram notáveis navegantes, exploradores, naturalistas, os quais deixaram fabulosas anotações com descrições e gravuras, contribuindo cientificamente e historicamente para compreendermos sua evolução.


Admiral Lord George Anson
                Na ordem cronológica de tais visitas temos a visita da Esquadra Britânica do Admiral Lord George Anson no ano de 1740.


Governador era José da Silva Paes
          A Ilha de Santa Catarina causou boa impressão aos visitantes. Lord George Anson descreveu a fertilidade da Ilha, a fabulosa quantidade e a qualidade dos peixes de suas águas, embora considerasse a terra insalubre devido sua umidade e ao calor que ela apresentava.


Admiral Lord George Anson
                O Admiral Lord George Anson descreveu que seus habitantes que antes eram hospitaleiros os via como bandidos honestos, pois tudo quanto era gênero de alimentos ou objetos artesanais queriam trocar por cortes de seda e outros tecidos.


Governador era José da Silva Paes
                Na época da chegada do  Admiral Lord George Anson o Governador era José da Silva Paes, o qual comandando uma tropa, podia simplesmente impedir o comércio clandestino. Os marinheiros não fizeram boa descrição pois os catarinenses não haviam feito uso ou se quer davam valor ao dinheiro, viviam apenas do escambo. Tudo era vendido a bom preço, o Governador José da Silva Paes havia banido os abusos e as facilidades.


Admiral Lord George Anson
                A Esquadra do Admiral Lord George Anson compunha-se de 06 navios de diversos tipos, contando ao todo 236 canhões e 1500 homens, fora 470 homens que formavam uma espécie de força terrestre.



Nenhum comentário:

Postar um comentário